25 de junho de 2017

Aplicativo Drone2Map para ArcGIS (ESRI)




Crie ortomosaicos, malhas 3D e muito mais, no ArcGIS a partir de suas imagens fixas capturadas com drone - em minutos e não em dias..

Drone2Map para ArcGIS foi  lançado em 2016 pela empresa Esri, com novas funcionalidades e melhorias. O aplicativo para desktop permite que as pessoas processem imagens de drones e criem, rapidamente, produtos de imagens para mapeamento, análise e compartilhamento através da plataforma ArcGIS .
“Novatos e especialistas podem usar o Drone2Map para processar as imagens estáticas capturadas por drones, possibilitando usar esse imageamento logo após”, disse Lawrie Jordan, diretor de imagens da Esri. “O processamento de imagens costumava ser complicado e levava dias ou mesmo semanas. Agora, isto pode ser feito em tempo real. Ao adicionar imagens em um mapa, as pessoas chegam ao próximo nível de consciência situacional.”
Drone2Map oferece processamento de imagens rápido em campo, que permite ao piloto confirmar que o voo do drone capturou as imagens de toda a área de interesse, reduzindo a necessidade de viagens caras de regresso ao campo. O aplicativo detecta parâmetros da câmera e do sensor e, em seguida, aplica padrões apropriados com inteligência. O mecanismo de fotogrametria no Drone2Map é alimentado pela Pix4D, uma empresa líder em softwares profissionais de processamento de imagem.
Durante seu programa beta, o Drone2Map provou ser uma solução confiável, acessível e eficaz para a realização de análises de terreno, inspeção de infraestrutura e monitoramento de eventos, como desastres naturais ou mudanças ambientais.
“Drones podem viajar para lugares que podem ser perigosos para as pessoas, e eles provam ser uma alternativa mais acessível aos meios convencionais de captura de imagem”, disse Jordan. “Com o Drone2Map, imagens sob demanda podem ser usadas no ArcGIS para fornecer uma imagem clara e precisa de qualquer ativo ou área”, conclui.
Com este release do Drone2Map, os usuários estarão aptos a:
• Criar ortomosaicos, malhas 3D e muito mais
• Criar produtos de mapeamento com templates 2D e 3D
• Fazer pacotes de camadas em cena de malhas texturizadas e compartilhá-los como uma camada de cena
• Alternar entre visualização 2D e 3D
• Trabalhar off-line em um ambiente desconectado
• Registrar vários portais para adicionar e compartilhar conteúdo
• Baixar uma parte de um mapa base para uso offline
• Importar e criar pontos de controle para a precisão dos dado



Assita o video no youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=y8QT9FTu2iA

Fonte: ESRI